Blog do Lau

Blog do Lau

domingo, 13 de julho de 2014

Holzhacker x Tango

Europa x América

UEFA x Conmebol

Papa Bento XVI x Papa Francisco

Michael Schumacher x Juan M. Fanggio

Matthäus x Maradona

Thomas Müller x Leo Messi

(5) Nobel argentino x (102) Nobel alemão

(2) Copa argentina x (3) Copa Alemanha

terça-feira, 8 de julho de 2014

Mais uma vez...

Mais uma vez o atual campeão da Copa das Confederações não será campeão do mundo.


Mais uma vez o planejamento venceu a soberba e o achismo.


Mais uma vez o Brasil não vence a Copa em sua casa.


Mais uma vez o técnico da seleção brasileira e seu coordenador técnico provaram que estão ultrapassados e que vivem do prestigio que conquistaram há tempos.


O Brasil não tinha um plano B para jogar sem Neymar. Convocou mal e achou que apenas o peso da camisa intimidaria os adversários. Sucumbiu. Caiu de joelhos.


Na Copa de 50, o vilão escolhido foi o pobre goleiro Barbosa, que morreu triste pela sentença imposta por seu país. E agora, com uma goleada histórica ainda na semifinal?


A Alemanha vem se planejando desde 2006. Não é uma família, que convocam os amigos (Fred e Henrique). Lá é profissionalismo. Joga quem está melhor. Muda o time, conforme o adversário ou o baixo rendimento dos atletas. (O quê não aconteceu com o Fred).


Agora são lamentações e justificativa.


O Brasil abriu mão de Robinho, Kaká, Ronaldinho Gaúcho, que um dos três poderiam dividir o fardo das atenções com Neymar e assim, quem sabe, o garoto seria menos caçado e menos cobrado.


E agora?


Para os Pachecos, uma dose de realidade.


Para os contras, uma dose de piedade.


Para os jogadores, uma dose de experiência.



E, para os dirigentes da FIFA e da CBF, várias doses de whisky e pacotes e mais pacotes de dinheiro da Copa que mais deu lucro para os cartolas em toda históra da humanidade...